TRANSLATE

9 de março de 2017

Brasil - Foz do Iguaçu - 185km

Bem Vindo à Foz do Iguaçu


Ponte da Amizade








Cataratas do Iguaçu











Depois de voltar ao Brasil pela Ponte da Amizade, já estava tarde e não deu para ir pedalando para a Casa do Cicloturista pois já eram 23:00pm... mas fiquei hospedado ao lado do Terminal Rodoviário de Foz, fiquei no Hotel Bahamas... tinha tudo ar condicionado, banheiro limpo, cama de casal limpa, térreo, fácil entrar e sair com a bike... tudo por R$50 da diária... fui dormir depois de um belo banho... nem queria comer nesse dia... para acordar cedo e ir nas Cataratas do lado Brasileiro no dia seguinte pela manhã...

No Parque Cataratas do Iguaçu foi o ingresso mais caro de quedas d'água que paguei na viagem... R$38,30 o valor individual adulto...


Pessoal, não adianta apesar de ter ciclovia parcialmente na Estrada das Cataratas ir de bike para essas atrações.... tem placas de proibido bike... vi alguns cicloturistas na entrada do parque das cataratas que só foram lá bater a foto na frente da entrada e foram embora... ou não tinham a importância em reais para entrar, ou foram só bater a selfie para se exibir para os amigos(as), ou foram barrados pelo segurança pois não é permitido bike... lá no parque opera a Iguassu By Bike comercializando passeios de bikes monitorados na Trilha do Poço... óbvio que não vão deixar ir com a bike... não percam tempo de vida, saúde, dinheiro... deixem a bike na camping, hostel, albergue, hotel e vão de ônibus ou táxi...


E pra completar, ainda vi bem de pertinho um segurança retirando um cicloturista (convidando gentilmente a se retirar) porque ele foi lá de bike, nem ia na atração, resolveu sentar na entrada do parque em frente as bilheterias e começar a fazer a higiene pessoal dele ali mesmo tirando calçados, meias e tals.... gente, é um dos pontos mais visitados no Brasil e no Mundo... é o cartão de visita do Brasil para os turistas nacionais e internacionais.... powwww brasileiro bom senso!!!

Fui em outras atrações como Parque das Aves... Iguassu by Bike.... Itaipu Binacional... ciclovias desconexas pela cidade... Falls FoodPark... Parque dos Dinossauros... Museu de Cera... Marco da Fronteira... o único que não fui foi o Parque Aquático Acquamania pois não tinha roupas de banhos e o planejamento ia ficar muito apertado....


































Vídeo Cicloturismo Cataratas
Foz do Iguaçu




Itaipu Binacional







Visitei Itaipu Binacional... como fui no meio de semana é menos movimentado do que aos fins de semana... o passeio completo custa R$80... é o passeio turístico mais caro da Foz do Iguaçu-PR com certeza, a pessoa pode agendar e pagar antecipado pelo site de Turismo da Itaipu, mas eu comprei o ingresso na hora do passeio na bilheteria na entrada do complexo... tem um detalhe muito importante: para visitar por se tratar de um ambiente industrial e há normas de segurança é obrigatório ir de calça e calçado fechado... tive que pedir uma calça emprestada no Hotel Bahamas para ir no passeio de ônibus... um calor enorme dia e noite em Foz e não deu pra ir pedalando lá... não por falta de capacidade, mas por uma sequência de exigências da Itaipu Binacional... deveria em protesto ter ido na Itaipu Binacional lado paraguaio que por enquanto é gratuita a visita...


Marco da Fronteira
Brasileiro






































bicicletário/paraciclos

O Marco da Fronteira passou por uma reforma geral, foi privatizado e remodelado... praticamente tudo o que feito nele é pago diretamente ou indiretamente... antigamente era apenas um monumento em local isolado que poderia ser visitado abertamente por qualquer pessoa assim como funciona no marco argentino... mas após a privatização é cobrado R$20 para entrar no local, há muros e tapumes para que ninguém possa ver o monumento ou tirar foto sem pagar... se você perguntar pra mim: "-Joãozinho vale a pena pagar R$20?"... Não sou muito a favor desse tipo de mudança pois uma boa parte da população mais humilde sem condição financeira nunca conseguirá ter acesso ao Marco de Fronteira Brasileiro... mas a infra-estrutura que foi criada externa e interna justifica o valor pago...

Foi construída uma réplica da Missiones (Missões Jesuíticas) vai ver quanto custa para se deslocar e pagar para visitar uma Missão Jesuíticas em Argentina, Paraguai ou Brasil... então o valor "já se paga"... mas não é só isso, na entrada há auto-atendimentos para comprar o tíquetes, acesso ao acervo áudio/visual da história do local e do marco, há sala de cinema que funciona a cada 30 minutos para explicar ao visitante o que é o Marco de Fronteira e sua história, há loja de souvenirs, possui brinquedos para as crianças, fonte e show das águas, manequins simulando a cultura da época, local para alimentação, inclusive o quiosque de açaí foi com certeza um dos top10 melhores açaís que provei no Brasil até hoje... (copo de açaí custou R$15)... há o binóculos de observação que tem ficha paga à parte R$5 conforme fotos acima... não sou a favor dessas privatizações mas o serviço melhorou muito!!!







Ciclovias de Foz do Iguaçu-PR
BRASIL - Foz do Iguaçu-PR - Av. Gen. Meira 3000m

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...